A leitura de poesias medievais adaptadas ao processo de alfabetização. Contribuições da História da Educação

Terezinha Oliveira, Mariana Vieira Sarache

Resumo


Neste artigo, exploramos o estudo de poesias ou cantigas medievais e, a partir disso, apresentamos uma possibilidade de adaptação desse gênero literário para que elas sejam conhecidas pela criança em fase escolar. Consideramos que o conhecimento da poesia na formação do professor é crucial para a sua atuação. Apresentamos três poesias medievais portuguesas, adaptadas de forma lúdica e com temas do cotidiano infantil. Acreditamos que a adaptação possibilita uma iniciação da criança à literatura medieval. Como se trata de um gênero literário que envolve rimas, falas curtas que remetem a historietas e situações diversas, a nosso ver, constituirá um estímulo às crianças em relação à leitura. Assim, por meio de nossa formação e do conceito de educação, propomos um diálogo sobre a necessidade e a importância da literatura na formação da criança e do docente.

Palavras-chave


História da Educação Medieval; poesia medieval; formação docente.

Texto completo:

PDF

Referências


Fontes

Cantigas de D. Dinis. In: Cantigas medievais galego-portuguesas. Disponível em: https://cantigas.fcsh.unl.pt/autor.asp?cdaut=25&pv=sim. Acesso em:16 mai. 2017.

Crônica de D. Dinis. Texto inédito do Código de Cadaval 965. Coimbra, Portugal: Ed. Carlos da Silva Tavoura, 1947.

D. DINIS. Do Cancioneiro de D. Dinis. São Paulo: Saraiva, 1995.

Estudos

LE GOFF, J. Raízes Medievais da Europa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007. Disponível em: https://portalconservador.com/livros/Le-Goff-Jacques-Raizes-Medievais-da-Europa.pdf. Acesso em: 18 jul. 2018.

MARTINS, J. P. O. Historia de Portugal. Tomo I. 2010. Disponível em: http://www.gutenberg.org/files/34387/34387-h/34387-h.htm. Acesso em: 21 jun. 2015. 

RAMOS, F. História da Literatura Portuguesa. Braga, Portugal, Livraria Cruz, 1967. 32 p.

SPINA, S. A lírica trovadoresca. São Paulo: Edusp, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/serie-estudos.v24i50.1216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN online: 2318-1982 
ISSN impresso: 1414-5138 (até n.34, jul./dez.2012)

 

 


Indexada em: