Mounier e a condição da mulher

  • Balduino Antonio Andreola Centro Universitário La Salle - Unilasalle, Campus Canoas / RS
Palavras-chave: Mounier, condição da mulher, discriminação e dignidade.

Resumo

Em 1936, saiu um número de Esprit intitulado A mulher também é uma pessoa, com artigo no qual Mounier denuncia que houve revoluções contra a opressão dos proletários, mas nenhuma em defesa de um proletariado muito maior, o das mulheres. Contra a rejeição quase geral, 13 anos após, vê positivamente, embora com reservas, o livro de S. Beauvoir O Segundo Sexo. Retoma o tema “a condição da mulher” nos livros Manifesto a serviço do Personalismo, Tratado do caráter, Quando a cristandade morre, O Personalismo.  As posições de Mounier em defesa da dignidade da mulher e suas denúncias dos preconceitos da época contra ela e das concepções da Igreja, justificando seu confinamento doméstico e sua total submissão ao homem, são amplamente resgatadas por estudiosos como Giulia P. Di Nicola, Michelle Perrot e Attilio Danese. Sua visão de mundo e de Igreja fazem-no precursor leigo do Vaticano II. A mulher que busca sua libertação como indivíduo, enfrentará, mesmo na liberdade conquistada, os limites e as amarras do individualismo, se não puder abrir-se, como pessoa, à alteridade e à transcendência, na plenitude de sua vocação humana.

Biografia do Autor

Balduino Antonio Andreola, Centro Universitário La Salle - Unilasalle, Campus Canoas / RS

Pós-doutorando em Educação pela UFRGS (2015). Doutorado em Ciências da Educação pela Université Catholique de Louvain - Belgica (1985); Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (1977); Mestrado em Psicopedagogia - Université Catholique de Louvain (1983); Bacharelado em Filosofia pelo Seminário Central de São Leopoldo (1952); Bacharelado em Teologia pelo Istituto San Pietro - Itália (1959); Licenciatura em Filosofia pela Faculdade Nossa Senhora Medianeira - São Paulo (1968). Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro Universitário La Salle de Canoas - UNILASALLE (2006 - atual). Professor titular da UFRGS (1978 - 1996); Diretor da Faculdade de Educação da UFRGS (1988 - 1992); Professor Visitante do PPG/EDU da UFPel - Pelotas (1997 - 2000); Professor do Instituto Ecumênico de Pós-Graduação/ IEPG da Escola Superior de Teologia/EST - São Leopoldo (2001 - 2005);Professor do Ensino Fundamental e Médio no Estado e em Escolas Particulares do Rio Grande do Sul (1953 - 1975). Áreas de atuação na docencia e pesquisa (no Ensino Superior): Filosofia e História da Educação, Educação Popular e Movimentos Sociais, Educação do Campo, Formação de Professores, Educação e Ecologia, Dinâmica de Grupo e Educação. Estudioso das obras de Paulo Freire, Ernani M. Fiori, Emmanuel Mounier e Paul Ricoeur.

Referências

ANDREOLA, Balduino Antonio. Emmanuel Mounier et Paulo Freire: une pédagogie de la persone et de la communauté. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Université Catholique de Louvain, Louvain-la-Neuve, 1985.

BULLETIN DES AMIS D’EMMANUEL MOUNIER, n. 54, Châtenay-Malabry, oct. 1980, p. 2-30.

DANESE, Attilio. Unità e Plurarità: Mounier e il ritorno alla persona. Roma: Città Nuova, 1984.

DI NICOLA, Giulia Paola. Mounier e le sfide del feminismo. In: TOSO, Mario; FORMELLA, Zbigniew; DANESE, Attilio (Org.). Emmanuel Mounier. Persona e Umanesimo relazionale. Roma: LAS, 2005. v. I.

MOUNIER, Emmanuel. O Personalismo. Tradução de Vinícius Eduardo Alves. São Paulo: Centauro, 2004.

______. Quando a cristandade morre. Tradução de Nathanael C. Carneiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1972.

______. Manifesto ao serviço do personalismo. Tradução de António Ramos Rosa. Lisboa: Moraes, 1967.

______. Correspondence. Paris: Seuil, 1963. p. 823-826. (Oeuvres, Tomo IV).

______. Révolution personaliste et communautaire. Paris: Seuil, 1963. p. 127-416. (Oeuvres, Tomo I).

______. L’Affrontement chrétien. Paris: Seuil, 1962. p. 7-66. (Oeuvres, Tomo III).

______. Traité Du Caractère. Paris: Seuil, 1961. (Oeuvres, Tomo II).

______. Feu la chrétienté. Paris: Seuil, 1946.

PERROT, Michelle. Emmanuel Mounier et la question des femmes. In: COQ, Guy (Org.), Emmanuel Mounier, L’actualité d’un Grand Témoin. Paris: Parole et Silence, Parole et Silence, 2005. v. II

Publicado
2017-07-28
Seção
Artigos